Redes Sociais

Cuba

Cuba cancela desfile contra a homofobia

Redação

Publicado

em

Mariela Castro Espin, filha de Raúl Castro, diretora do Centro Nacional de Educação Sexual de Cuba. Foto: Steve Russel / Toronto Star

O governo cubano cancelou um desfile amplamente visto como um sinal de progresso nos direitos dos gays.

O centro estatal de educação sexual, dirigido por Mariela Castro, filha do primeiro-ministro do Partido Comunista, Raul Castro, disse em um post no Facebook que a Conga Contra a Homofobia, marcada para uma data não especificada este mês, foi cancelada por ordem do Ministério da Saúde.

O comunicado atribui o cancelamento a “novas tensões no contexto internacional e regional que afetam direta e indiretamente nosso país e têm impactos tangíveis e intangíveis no desenvolvimento normal de nosso cotidiano e na implementação das políticas do Estado cubano”. 

O governo cubano perseguiu os gays nos anos 60 e 70, mas desde então proibiu a discriminação.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

alan correa criação de sites