Redes Sociais

Mundo

‘Consumismo sequestrou o Natal’, diz papa Francisco

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

O papa Francisco criticou neste domingo (20) o consumismo associado às comemorações do Natal.

Aos fiéis, o líder religioso disse que os cristãos devem relacionar a festividade natalina ao nascimento de Jesus, e que isso deve ser feito com atenção e ajuda aos mais necessitados e com muita oração.

“O consumismo sequestrou o Natal. O consumismo não está na manjedoura de Belém, ali está a realidade, a pobreza, o amor”, disse o Pontífice.

Ele também pediu que as pessoas não se deixem levar pelo consumismo.

“’Ah, tenho de comprar os presentes, tenho de fazer isto’. O importante é Jesus”, afirmou.

Além disso, o argentino fez referência ao ‘momento difícil’ provocado pela pandemia do novo coronavírus – Sars-CoV-2.

“Neste momento difícil, em vez de reclamarmos do que a pandemia nos impede de fazer, façamos algo por quem tem menos. Não seja o enésimo presente para nós e para os nossos amigos, mas para um necessitado em quem ninguém pensa”, declarou.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.