Redes Sociais

Mundo

Congresso de El Salvador aprova destituição de todos os juízes da Suprema Corte

Marcos Rocha

Publicado

em

Wikimedia Commons

A Assembleia de El Salvador decidiu, no sábado (1º), destituir de seus cargos os juízes da Suprema Corte, além do procurador-geral do país.

A medida, anunciada pelo presidente do Congresso, Ernesto Castro, foi aprovada por 64 votos a favor e 19 contra.

Para retirar todos os integrantes do Judiciário, os congressistas locais argumentaram que os membros do Tribunal proferiram sentenças arbitrárias que interferiam nas ordens do atual presidente do país, Nayib Bukele.

A destituição de cargos é prevista na Carta Magna de El Salvador. A oposição, por sua vez, afirma que o dispositivo constitucional representa golpe e exceção à ordem.

Vale lembrar que o governo federal tem maioria no Parlamento do país. O partido do mandatário, ‘Novas Ideias’, foi o grande vitorioso das eleições legislativas do início de março.

Após os juízes deixarem os postos, o chefe de Estado fez um pronunciamento e garantiu que o povo acolheu a decisão. Bukele pediu ainda à comunidade internacional que não interfira no assunto.

FALE COMIGO: [email protected] — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).