Redes Sociais

Mundo

Cofundadora do grupo Femen comete suicídio em Paris

Redação

Publicado

em

Cofundadora do grupo Femen comete suicídio em Paris 15
Imagem: Kenzo Tribouillard/AFP
A cofundadora do grupo feminista Femen, Oksana Chatchko, foi encontrada morta em seu apartamento em Paris, aos 31 anos. O suicídio foi confirmado por Inna Chevtchenko, líder do grupo, em conversa por telefone com a AFP nesta terça-feira (24). 

A morte foi confirmada também por Anna Goutsol, outra cofundadora do grupo, em sua página no Facebook. 

Oksana deixou uma última mensagem em suas redes sociais à suas amigas dizendo “You are fake”, declarou Sara Winter, ex-integrante do grupo, em sua conta no Twitter. Sara disse também que Oksana foi a única que a tratou bem enquanto esteve na Ucrânia.

“Foi a única que me tratou bem quando fui pra Ucrânia e me confessou que não era amiga de Inna e Sasha Shevchenko, também fundadoras, pois elas usavam da causa pra enriquecer e se tornarem famosas”, disse.

Ainda no Twitter, Sara Winter declarou: “Peço à direita que não comemorem a morte de Oksana Sachko, ela era uma menina de coração forte que infelizmente perdeu a vida graças ao feminismo. Espero fazer o meu melhor para evitar que mais meninas, como eu era, caiam nesse mundo sombrio. Seja cristão, ore por ela”.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

alan correa criação de sites