China paralisou exportações de produtos de petróleo para Coreia do Norte em novembro

Autor: Nenhum comentário Compartilhar:

Segundo dados divulgados pela alfândega chinesa nesta terça-feira (26), a China, principal fonte de combustível para a Coreia do Norte, não exportou gasolina, combustível de aviação, diesel ou óleo combustível para seu vizinho isolado no mês de novembro, indo além das sanções impostas neste ano pela ONU para tentar limitar embarques de petróleo para a Coreia comunista.

Novembro foi o segundo mês consecutivo em que a China não exportou diesel ou gasolina para a Coreia do Norte desde as últimas sanções comerciais impostas pela ONU.

Na semana passada, o Conselho de Segurança da ONU impôs novos limites ao comércio com a Coreia do Norte, incluindo a limitação das remessas de produtos petrolíferos para apenas 500 mil barris por ano.

A China também não importou minério de ferro, carvão ou chumbo da Coreia do Norte em novembro.

Coreia do Norte deve buscar negociações com EUA

A Coreia do Sul previu nesta terça-feira que a Coreia do Norte buscará iniciar negociações com os EUA no próximo ano, mesmo enquanto Seul organiza um time militar especializado para combater ameaças nucleares de Pyongyang.

“A Coreia do Norte irá buscar negociações com os Estados Unidos, enquanto continuará a prosseguir com seu esforço para ser reconhecida como um país detentor de armas nucleares de fato”, disse o Ministério de Unificação da Coreia do Sul em relatório, sem informar qualquer razão para essa previsão.

Post anterior

Fernando Collor cogita disputar a presidência em 2018

Próximo post

Paulo Maluf pode cumprir pena em casa

Você pode gostar também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.