Redes Sociais

Canadá

Trudeau sugere que ataque ao avião ucraniano em Teerã foi causado por ações de Trump na região

Thaís Garcia

Publicado

em

Imagem: Leon Neal via Getty Images

Nesta segunda-feira (13), o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, disse que sem a recente escalada e tensões na região criadas pelas ações dos Estados Unidos, os passageiros do voo PS752 que morreram no desastre com o abate do Boeing ucraniano estariam vivos.

“A comunidade internacional tem sido muito clara sobre a necessidade de um Irã livre de armas nucleares, mas também sobre controlar as tensões causadas na região, entre outras coisas, pelas ações dos Estados Unidos”, disse Trudeau durante um conversa com o canal Global.

“Se a região não tivesse experimentado tensões e uma escalada recente, acho que os canadenses ainda estariam em casa com suas famílias agora”, acrescentou o primeiro-ministro do Canadá, referindo-se aos 57 canadenses mortos no ataque aéreo.

No sábado (11), o exército iraniano reconheceu ser responsável por derrubar o avião ucraniano. Todos os 176 passageiros foram mortos.

Trudeau também disse que ele gostaria de ter sido informado por Washington sobre o iminente ataque de drones no qual o terrorista Soleimani foi morto.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Parceiros

alan correa criação de sites