Redes Sociais

Canadá

Pesquisadores canadenses dizem que jogo de ‘queimada’ é ferramenta de opressão e bullying legalizado

“Dodgeball (a queimada) é o único jogo em que o humano é o alvo”, disse Butler. “Nenhum outro jogo se concentra nisso.”

Redação

Publicado

em

Pesquisadores canadenses dizem que jogo de 'queimada' é ferramenta de opressão e bullying legalizado 20
Reprodução / Internet

De acordo com pesquisadores canadenses, o jogo de queimada é mais do que apenas uma popular atividade de playground popular, é uma ferramenta de intimidação e opressão visando estudantes.

Os pesquisadores argumentam que há um “currículo oculto” na queimada que reforça a opressão daqueles “percebidos como indivíduos mais fracos através do exercício da violência e do domínio”. 

Burns — ao lado dos colegas pesquisadores David Burns, professor da Universidade da Colômbia Britânica, e Claire Robson, professora da Universidade Simon Fraser — argumentou que a queimada ensina os alunos a se desumanizarem e cria condições de insegurança nas escolas.

“Dodgeball (a queimada) é o único jogo em que o humano é o alvo”, disse Butler. “Nenhum outro jogo se concentra nisso.” Ele acrescentou: “É o mesmo que legalizar o bullying”.

Os pesquisadores reconheceram que seu relatório será criticado (e com muita razão) por muitos que argumentam que o jogo é divertido, mas eles estão convencidos de que as coisas poderiam ser feitas de forma diferente.

“Nós não somos anti-concorrência ou anti-desafio”, disse Robson. “Essas coisas precisam ser feitas em um contexto educacional”.

O estudo foi apresentado em uma conferência de educação organizada pela Sociedade Canadense para o Estudo da Educação em Vancouver na segunda-feira.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites