Redes Sociais

Mundo

Bebê prematuro de 24 semanas tem recuperação milagrosa no Reino Unido depois que pais se recusam a desligar o ventilador

Thaís Garcia

Publicado

em

Bebê prematuro de 24 semanas tem recuperação milagrosa no Reino Unido depois que pais se recusam a desligar o ventilador 16
Imagem: Evening Gazette

O casal britânico, Ryan Pearce, de 25 anos e Kirsty Byass, de 28 anos, está se preparando para levar o “seu milagre” para casa pela primeira vez.

Jordie-Jay nasceu em 20 de novembro de 2018, no aniversário de sua mãe, com 24 semanas, pesando apenas 771 gramas, e inicialmente estava estável.

Porém, o prematuro desenvolveu uma doença pulmonar crônica e piorou. A doença era tão grave que não havia mais nada que pudesse ser feito. Então, os médicos e consultores do James Cook Hospital, em Middlesbrough no Reino Unido, aconselharam seus pais a desligar o ventilador.

A ventilação era feita através de tubos na incubadora que se ligavam ao bebê, através de um tubo endotraqueal em sua boca, que ia até sua traqueia.

O casal já havia preparado emocionalmente suas outras duas crianças, Justin (11) e Junior (7); e escolhido roupas especiais para seu filho Jordie-Jay, antes de se dirigirem ao hospital para se despedirem do bebê.

“Ele simplesmente não estava melhorando, os médicos continuavam nos colocando em um quarto e nos dizendo que não havia mais nada que pudessem fazer por ele”, disse Kirsty ao canal de notícias Teesside News.

Mas quando chegou o momento, o casal não teve coragem de permitir que desligassem o aparelho do bebê.

“Meus filhos estavam com o coração partido, as enfermeiras disseram que esperássemos um tempo na sala, porque era muito doloroso ver meus meninos tão tristes. Eu já tinha visto outros pais decidirem desligar as máquinas de seus bebês. Eu não acreditava que ele sobreviveria, mas depois pensei – você nunca sabe – milagres acontecem. E decidimos não desligar o ventilador”, disse Kirsty ao Teesside News.

Depois de semanas, médicos e enfermeiras do hospital encontraram uma mudança notável no pequeno guerreiro.

Apesar dos danos nos pulmões, todos os seus outros órgãos vitais se apresentaram bem nos exames. E a família foi informada que em breve poderá levar Jordie-Jay para casa. O bebê agora pesa 4 kg.

Bebê prematuro de 24 semanas tem recuperação milagrosa no Reino Unido depois que pais se recusam a desligar o ventilador 17

O casal britânico Ryan Pearce e Kirsty Byass com o pequeno Jordie-Jay. Image: evening gazette

“Eu disse aos médicos – Vocês não são Deus – Eu estava certo, coloquei minha fé nas mãos de Deus…orei e orei “, disse Ryan em sua conta no Facebook. Embora saiba que os médicos não estejam sempre certos, ele reconhece também que seu filho deve sua vida aos cuidados deles.

“Quero agradecer à equipe do hospital. É por causa deles que meu filho está aqui hoje “, completou Ryan.

Jordie-Jay foi recentemente transferido para o Hospital da Universidade de North Tees, em Stockton, e espera-se que ele possa voltar para casa nos próximos dias, apesar de usar um tanque de oxigênio para ajudar na respiração.

Jordie-Jay ainda terá um longo caminho a percorrer, mas sua família está disposta a enfrentar a luta.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites