Redes Sociais

Mundo

Autor de ataque em Nova York jurou fidelidade ao Estado Islâmico

Davy Albuquerque

Publicado

em

O terrorista envolvido na explosão que ocorreu na manhã desta segunda-feira (11), em Nova York, Akayed Ullah, jurou fidelidade ao Estado Islâmico enquanto era interrogado pelas autoridades americanas.

O ex-motorista de táxi detonou um dispositivo explosivo perto do terminal de ônibus de Port Authority.

Quatro pessoas ficaram feridas, incluindo o próprio terrorista, que acabou detido em estado grave. No hospital Ullah disse aos investigadores que “as ações militares israelenses em Gaza eram o motivo” pelo qual ele realizou o ataque desta manhã na cidade e afirmou que agiu por vingança.

Reforma migratória de Trump:

O terrorista responsável pelo ataque é um residente permanente dos EUA por ser parente de um cidadão americano e mora no país desde 2011. A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, defendeu a proposta de reforma migratória do presidente americano, Donald Trump, após o atentado.

“Esse ataque mostra a necessidade do Congresso trabalhar com o presidente nas reformas de imigração que aumentam a segurança nacional e pública. Devemos proteger nossas fronteiras e certificar que indivíduos que entrem no nosso país não venham para causar danos ao nosso povo. Devemos ter um sistema de imigração baseado no mérito.”

Nasci no estado do Rio de Janeiro. Sou brasileiro com orgulho, cristão por convicção e política por vocação. Colunista político do Conexão Política.

alan correa criação de sites