Redes Sociais

Áustria

Áustria trará de volta ao país dois filhos de um jihadista morto do Estado Islâmico

Thaís Garcia

Publicado

em

Áustria trará de volta ao país dois filhos de um jihadista morto do Estado Islâmico 20
Imagem: Reprodução e ilustrativa.

O governo austríaco está se preparando para repatriar os dois filhos de um jihadistas do Estado Islâmico que provavelmente tenha morrido na Síria, depois de se mudar para lá, em algum momento de 2014, segundo a Associated Press.

O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Áustria, Peter Guschelbauer, disse à rádio pública austríaca ORF, que foi confirmado um teste de DNA positivo e que as crianças foram claramente identificadas.

Guschelbauer também informou que um tribunal austríaco foi quem decidiu sobre a custódia e as condições de repatriação a serem cumpridas.

De acordo com a ORF, um tribunal na Áustria concedeu a custódia dos dois meninos, de 1,5 anos e 3 anos de idade, para seus avós.

Nos últimos meses, os dois meninos teriam sido mantidos como órfãos no campo de al-Hol, controlado pelos curdos, na Síria.

Repatriação de crianças
Na semana passada, quatro crianças criadas por jihadistas do Estado Islâmico foram entregues às forças alemãs por curdos na Síria. Um menino e duas irmãs que perderam ambos os pais, e uma menina sem pai que foi repatriada por motivos de saúde, disseram autoridades curdas. Todos têm menos de 10 anos.

Acredita-se que cerca de 117 crianças com cidadania alemã estejam na Síria.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais. Lutando pelos verdadeiros direitos humanos e pela Igreja Perseguida.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites