Redes Sociais

Mundo

Apple ameaça censurar aplicativo pró-vida

Redação

Publicado

em

Imagem: Reprodução

A Apple exigiu que a Natural News parasse de publicar artigos críticos ao aborto, ao satanismo, à agenda LGBT e à imigração ilegal. A empresa ameaçou bloquear o aplicativo Natural News em todos os dispositivos da Apple se as demandas não forem atendidas.

“Segundo a Apple, opor-se ao assassinato de crianças é agora ‘discurso de ódio'” — declarou Mike Adams, um dos fundadores da Natural News.

Para a Apple, todos os artigos com os conteúdos citados acima são conteúdos censuráveis, pois as pessoas podem achar ofensivos.

Claro, quando a Apple fala em pessoas, está falando de uma elite progressista, que serve à ideologia do Partido Democrata, que milita em favor do aborto, migração desenfreada, liberação de drogas e fim da moral judaico-cristã. 

Conexão Política é um jornal digital inteiramente compromissado com a cobertura e análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | [email protected]

alan correa criação de sites