Redes Sociais

Mundo

Americanos se comovem com foto de menino que ajuda coleguinha autista no primeiro dia de aula

Thaís Garcia

Publicado

em

Americanos se comovem com foto de menino que ajuda coleguinha autista no primeiro dia de aula 20
Imagem: Courtney Coko Moore/ Facebook

Dois meninos de 8 anos de idade de Wichita, no Kansas, se tornaram subitamente famosos nos EUA. O motivo é uma foto que registrou a carinhosa atitude de um menino que segurou a mão de seu coleguinha autista, para entrar na escola no primeiro dia de aula. Um dos dois garotos é autista e não queria entrar sozinho. Os meninos não se conheciam.

No primeiro dia na Escola de ensino básico Minneha, em Wichita, Connor e Christian estavam esperando no meio de um grande grupo de crianças e pais, para o início das aulas.

A mãe de Christian, Courtney Coko Moore, contou que de repente, viu seu filho sentado no chão com um garoto que chorava em um canto. Ele consolava o menino até que, resolutamente, pegou sua mão e o acompanhou até a entrada da escola. Eles ficaram esperando lá até o sinal tocar, quando foram autorizados a entrar.

“Eu pensei que era uma cena tão doce que tirei uma foto”, disse Courtney.

Segundo a mãe de Christian, os dois meninos não se conheciam bem antes, mas agora eles têm “um vínculo especial” juntos. Além disso, ela acha mais especial, porque seu filho não sabia nada sobre o autismo de seu novo amiguinho.

“Parece novamente que crianças nessa idade se aceitam como são. Todos nós podemos aprender algo com isso”, disse Courtney.

April Crites, mãe do autista Connor, também ficou encantada com o vínculo entre os dois coleguinhas.

“Todos os dias tenho medo de que alguém ria do meu filho porque ele não está falando normalmente, porque ele não pode ficar parado ou porque às vezes bate palmas do nada. É bom ver que há crianças que o apoiam e o aceitam como ele é”, disse Crites a um canal regional de notícias.

A foto, que a mãe de Christian colocou no Facebook, foi compartilhada e curtida dezenas de milhares de vezes. E toda a atenção e comoção em relação aos filhos, resultou não apenas em uma nova amizade entre os garotos, mas também entre suas mães.
.

Com informações, Fox5Atlanta.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites