Redes Sociais

Alemanha

Refugiados da África chegam em voos da ONU na Alemanha

Thaís Garcia

Publicado

em

Refugiados da África chegam em voos da ONU na Alemanha 19
Imagem: IOM/Twitter

A Organização Internacional das Nações Unidas para as Migrações (OIM) anunciou o primeiro voo charter que transportará migrantes africanos diretamente para a Alemanha, com voos adicionais já agendados.

Refugiados da África chegam em voos da ONU na Alemanha 20

Na terça-feira (15), a conta do Twitter da OIM Etiópia publicou, com alegria, um video mostrando 154 refugiados somalianos que chegam ao aeroporto de Kassel, na Alemanha.

“Aconteceu! O primeiro voo internacional fretado da Etiópia, os 154 refugiados partiram de Adis Abeba para Kassel, Alemanha, no âmbito do programa de reassentamento alemão. Um segundo voo está programado para partir em novembro, com outros 220 refugiados”, publicou a OIM Etiópia no Twitter.

O Escritório de Ligação Especial da Organização Internacional para as Migrações (OIM) em Addis Abeba, na Etiópia, também divulgou um comunicado de imprensa que descreve o primeiro grupo de migrantes que estão sendo reassentados.

“A Organização Internacional para as Migrações (OIM) na Etiópia organizou, na terça-feira, seu primeiro voo internacional fretado transportando 154 refugiados somalis a serem reassentados na Alemanha. O grupo residia nos campos de refugiados de Jijiga e Dolo Ado, no sul da Etiópia. Eles incluíram 63 homens e 91 mulheres, 47 dos quais são menores. A OIM apoiou o Programa Alemão de Reassentamento em seus esforços para reinstalar 500 refugiados que vivem na Etiópia na Alemanha desde março. Esses esforços são coordenados de perto com a Agência do Governo da Etiópia para Refugiados e Assuntos dos Repatriados (ARRA), a Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e o Governo Federal da Alemanha”, informou o comunicado de imprensa da OIM.

O comunicado à imprensa também informou que outros 220 refugiados partirão para a Alemanha em um segundo voo fretado pela OIM em meados de novembro.

“É importante facilitar o reassentamento suave de refugiados, fornecendo transporte seguro. Estamos felizes por os refugiados terem desfrutado deste voo charter facilitado da partida ao destino, sem problemas”, disse o oficial de operações da OIM na Etiópia, Milun Jovanovic.

Segundo o jornal Junge Freiheit, no ano passado, depois de enviar uma solicitação de informações ao governo federal, o parlamentar do partido conservador alemão Alternative for Deutschland (AfD), Leif-Erik Holm, descobriu que quase 30% dos “requerentes de asilo” haviam chegado à Alemanha de avião.

Com os voos das Nações Unidas para o “Reassentamento de Refugiados”, agora oficialmente transportados diretamente da África para a Alemanha, é provável que esse número de 30% se expanda consideravelmente.

Com informações, Voice of Europe.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites