Redes Sociais

Mundo

Alegando ausência no ‘combate ao discurso de ódio’, empresas saem do Facebook e causam prejuízo bilionário

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Reuters

O Facebook vem passando um dos piores momentos desde o lançamento de sua rede social.

As ações do microblog estão despencando após empresas promoverem boicote contra a plataforma.

O motivo? Empresas querem que a rede social adote mudanças significativas em torno do conteúdo que é publicado na plataforma. A intenção das empresas é impedir o que elas chamam de ‘discurso de ódio’ e ‘fake news’.

Unilever, Verizon Communications, Patagonia, VF Corp., Eddie Bauer e Recreational Equipment são uma das empresas participantes da iniciativa.

Com isso, as ações do Facebook tiveram uma queda de 8,3% na última sexta-feira (26), com uma perda de 56 bilhões de dólares (R$ 306,8 bilhões) do valor de mercado da empresa.

De acordo com a agência Bloomberg, o presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, viu sua riqueza recuar 7,2 bilhões de dólares (R$ 39,4 bilhões).

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites