Redes Sociais

África do Sul

Entre corrupção e desemprego começam as eleições parlamentares e presidenciais na África do Sul

Redação

Publicado

em

Entre corrupção e desemprego começam as eleições parlamentares e presidenciais na África do Sul 16
Sul-africanos enfileiram-se no frio matutino para votar na cidade de Bekkersdal, a oeste de Joanesburgo, na África do Sul, quarta-feira, 8 de maio de 2019. Imagem: AP Photo/Ben Curtis.

Os sul-africanos começaram a votar nas eleições presidenciais e parlamentares em meio a questões de corrupção e desemprego.

A votação teve início nesta quarta-feira e, ocorre 25 anos após o fim do apartheid, mas, apesar do fim do sistema de discriminação racial, o país continua dividido pela desigualdade econômica.

O partido de Nelson Mandela (Partido Comunista Sul-Africano) que está no poder desde 1994, provavelmente ganhará a maioria no Congresso Nacional Africano, mas enfrentará um desafio difícil tanto quanto há cinco anos atrás.

O partido tem sido marcado por escândalos generalizados de corrupção e uma taxa de desemprego nacional de 27% que deixou muitos eleitores desiludidos. O presidente do CNA, Cyril Ramaphosa, fez campanha para uma limpeza em seu partido. Devido os problemas, seu antecessor foi obrigado a renunciar no ano passado.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites