Adolescente raspa cabelo para doar a vítimas de câncer e é punida na escola

Autor: Nenhum comentário Compartilhar:

Imagem: Reprodução

Uma adolescente de 14 anos resolveu raspar o próprio cabelo e doá-lo para uma associação que faz perucas para pessoas com câncer. Niamh Baldwin foi surpreendida, entretanto, ao ser colocada em isolamento na própria escola. A instituição justificou que a aluna contrariou a política do uniforme, que estabelece a ‘máquina dois’ como tamanho mínimo do cabelo.

A mãe da jovem acredita que a filha foi “punida injustamente”, depois de ter tido uma atitude “tão corajosa”.

“Estou chateada com a atitude da escola por tê-la feito se sentir mal, apenas porque o cabelo deve ter um centímetro a mais”, opinou.

A mãe lembrou ainda ainda que Niamh Baldwin sempre foi uma menina encantadora, educada e com boas notas. “Tudo isso não muda por causa de um corte de cabelo. Para mim trata-se de discriminação. Estou muito chateada com a situação”, frisou ao jornal britânico Metro.

Apesar de tudo, a escola continua a dizer que “regras são regras” e que, no caso dos cortes de cabelo, elas eram “muito claras”. “A nossa política de comportamento já tem muitos anos”, defendeu Sara Davey, professora da Mounts Bay Academy.

Post anterior

Justiça suspende posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho

Próximo post

Futura ministra do Trabalho se nega a apresentar provas de reembolso a funcionária

Você pode gostar também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.