Redes Sociais

Mundo

A resposta da ministra Tereza Cristina ao presidente francês Emmanuel Macron

Pasta da Agricultura divulgou nota acerca das declarações do mandatário europeu sobre a soja brasileira

Marcos Rocha

Publicado

em

Marcelo Camargo | Agência Brasil

O Ministério da Agricultura veiculou uma nota para reafirmar que a produção de soja em nosso país é sustentável e que a cultura do grão “não exporta desmatamento”, contrariando as recentes declarações de Emmanuel Macron.

“A declaração do presidente francês, Emmanuel Macron, sobre a soja brasileira mostra completo desconhecimento sobre o processo de cultivo do produto importado pelos franceses e leva desinformação a seus compatriotas”, diz o comunicado da pasta chefiada pela ministra Tereza Cristina.

Segundo o órgão, o Brasil é o maior produtor e exportador de soja do mundo, abastecendo mais de 50 países com grãos, farelo e óleo.

“Brasil tem uma das legislações ambientais mais rigorosas do mundo e utiliza tecnologias reconhecidas que ampliaram a sustentabilidade de sua produção agropecuária”, afirma a nota, divulgada nesta última quarta-feira (13).

Ainda de acordo com o texto, nosso país detém domínio tecnológico para dobrar a atual produção com sustentabilidade, “seja em áreas já utilizadas, seja recuperando pastagens degradadas, não necessitando de novas áreas. Toda a produção nacional tem controle de origem”.

VEJA A ÍNTEGRA

“O Brasil tem uma das legislações ambientais mais rigorosas do mundo e utiliza tecnologias reconhecidas que ampliaram a sustentabilidade de sua produção agropecuária.

A declaração do presidente francês, Emmanuel Macron, sobre a soja brasileira mostra completo desconhecimento sobre o processo de cultivo do produto importado pelos franceses e leva desinformação a seus compatriotas.

O Brasil é o maior produtor e exportador de soja do mundo, abastecendo mais de 50 países com grãos, farelo e óleo. Detém domínio tecnológico para dobrar a atual produção com sustentabilidade, seja em áreas já utilizadas, seja recuperando pastagens degradadas, não necessitando de novas áreas. Toda a produção nacional tem controle de origem.

A soja brasileira, portanto, não exporta desmatamento.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA”

FALE COMIGO: [email protected] — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).