Redes Sociais

Exclusivo

“Faria tudo outra vez”, diz Augusto Nunes sobre tapa em Glenn Greenwald

Marcos Rocha

Publicado

em

Jovem Pan | Reprodução

A equipe do Conexão Política foi a São Paulo para uma conversa exclusiva com um dos maiores jornalistas do país.

Vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo quatro vezes, Augusto Nunes atualmente acumula diversas funções na TV, rádio e internet.

Além de uma coluna na revista Veja, ele também realiza comentários políticos no Jornal da Manhã e integra a bancada de apresentadores do programa Os Pingos nos Is, ambos da rádio Jovem Pan.

Augusto Nunes também está em horário nobre, para todo o Brasil, no Jornal da Record, onde faz um boletim político na emissora, que também dispõe de uma coluna no portal R7.

Num dado momento da entrevista, questionamos Augusto acerca da discussão com o militante norte-americano Glenn Greenwald, ocorrida em novembro de 2019.

Sem hesitar, ele respondeu: “Eu faria tudo outra vez e queria aproveitar a oportunidade para deixar claro que eu escrevi aquela carta de explicações [somente] para os meus amigos. Em nenhum momento você lê [na carta], qualquer palavra parecida com ‘desculpa’. Não peço desculpas, não tenho desculpas a pedir […] Quando ele me chamou de covarde pela quinta vez, eu lamentei muito não estar em ótima forma física porque eu já queria pegar no meio, uma primeira pancada, para ele sossegar, mas tive a sorte que o pessoal apartou […] Ele [Glenn] levou o que ele sempre mereceu. Um tabefe. É o que pode haver de mais desmoralizante para um homem”.

Nossa equipe foi recebida por Augusto na sede da rádio Jovem Pan, na capital paulista. A íntegra do bate-papo, com duração aproximada de 45 minutos, você confere em nosso canal oficial do YouTube.

 

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]

alan correa criação de sites