Redes Sociais

Exclusivo

“Só o Gilmar Mendes enxerga provas num material roubado”, ironiza Augusto Nunes sobre Vaza Jato

Marcos Rocha

Publicado

em

Reprodução

A equipe do Conexão Política foi a São Paulo para uma conversa exclusiva com um dos maiores jornalistas do país.

Vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo quatro vezes, Augusto Nunes atualmente acumula diversas funções na TV, rádio e internet.

Além de uma coluna na revista Veja, ele também realiza comentários políticos no Jornal da Manhã e integra a bancada de apresentadores do programa Os Pingos nos Is, ambos da rádio Jovem Pan.

Augusto Nunes também está em horário nobre, para todo o Brasil, no Jornal da Record, onde faz um boletim político na emissora, que também dispõe de uma coluna no portal R7.

Num dado momento da entrevista, questionamos Augusto acerca da Vaza Jato, divulgada pelo The Intercept Brasil, que consiste na divulgação de mensagens roubadas atribuídas a membros da Operação Lava Jato.

Sem hesitar, ele respondeu: “Só o Gilmar Mendes pode enxergar provas num material roubado. É um completo absurdo. O que eu vi ali [nas mensagens], com toda honestidade, são fofocas. Eu tenho um irmão que é promotor e conversa com o juiz o tempo todo, até mesmo para concluir se o cara é inocente, ele avisa o juiz, eles conversam. Ali [na Vaza Jato] você tem um grupo de promotores e um magistrado empenhados em botar na cadeia uma quadrilha. Estão de parabéns, os integrantes da Lava Jato, que é a maior e mais bem sucedida operação anticorrupção da história”.

Nossa equipe foi recebida na sede da rádio Jovem Pan, na capital paulista. A íntegra do bate-papo, com duração aproximada de 45 minutos, você confere em nosso canal oficial do YouTube.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]

alan correa criação de sites