Redes Sociais

Exclusivo

“Eles têm problemas de raciocínio lógico”, diz Augusto Nunes sobre novos jornalistas brasileiros

Marcos Rocha

Publicado

em

Record TV | Reprodução

A equipe do Conexão Política foi a São Paulo para uma conversa exclusiva com um dos maiores jornalistas do país.

Vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo quatro vezes, Augusto Nunes atualmente acumula diversas funções na TV, rádio e internet.

Além de uma coluna na revista Veja, ele também realiza comentários políticos no Jornal da Manhã e integra a bancada de apresentadores do programa Os Pingos nos Is, ambos da rádio Jovem Pan.

Augusto Nunes também está em horário nobre, para todo o Brasil, no Jornal da Record, onde faz um boletim político na emissora, que também dispõe de uma coluna no portal R7.

Num dado momento da entrevista, questionamos acerca das mudanças que o jornalismo sofreu ao longo dos anos. Augusto Nunes, que tem mais de 50 anos de carreira, destacou a “queda da qualidade” dos profissionais que ingressam na área.

“A mudança que mais me impressiona é a queda da qualidade do jornalista que começa [na profissão]. Não é que o sujeito tem problemas de ortografia e gramática, é um problema de raciocínio lógico. Você tem repórteres que não sabem contar uma história organizando a hierarquia das notícias com começo, meio e fim. Eles também não têm uma memória do Brasil e do mundo, dos fatos principais, e isso é básico, elementar. […] Essa deficiência em matéria de conhecimento histórico me alarma”, declarou.

Nossa equipe foi recebida por Augusto na sede da rádio Jovem Pan, na capital paulista. A íntegra do bate-papo, com duração aproximada de 45 minutos, você confere em nosso canal oficial do YouTube.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]

alan correa criação de sites