Redes Sociais

Errata

CORREÇÃO: CDC não revelou que ‘somente’ 6% dos óbitos da pandemia foram causados ‘exclusivamente’ por covid-19

Guilherme L. Campos

Publicado

em

Reprodução

[ERRATA: Na última terça-feira (01/09), o Conexão Política publicou uma matéria com o seguinte título inicial: “EUA: Somente 6% das mortes da pandemia foram causadas exclusivamente por COVID-19, revela CDC”. Diferentemente do que foi noticiado, não há a confirmação de que o órgão tenha feito tal conclusão. O Conexão Política ressalta que sempre defendeu a publicação de matérias jornalísticas sem qualquer manipulação ou alteração no que tange à realidade dos fatos. Assim, a análise e divulgação de erratas e direitos de resposta está inserida no que acreditamos ser o modelo mais responsável para lidar com os equívocos que possam ser cometidos no jornalismo online. Deste modo, informamos que, além de publicar esta correção, a matéria original foi deletada das redes sociais do Conexão Política e portal. Ademais, nos desculpamos pelo equívoco.]

Um levantamento divulgado na última semana pelo CDC, órgão governamental americano responsável pelo controle de doenças no país, revelou que 94% dos mortos com covid-19 incluem no atestado de óbito problemas causados pelo próprio vírus, como pneumonia e insuficiência respiratória; e  apenas 6% dos contaminados com o coronavírus morreram em decorrência exclusiva da doença.

O levantamento completo em inglês pode ser lido aqui.

Causas mais associadas às mortes

O CDC listou as seguintes causas como as principais condições médicas subjacentes relacionadas às mortes por coronavírus:

  • Influenza e pneumonia
  • Parada respiratória
  • Doença hipertensiva
  • Diabetes
  • Demência vascular e não especificada
  • Parada cardíaca
  • Insuficiência cardíaca
  • Insuficiência renal
  • Lesões intencionais e não intencionais, envenenamento e outros eventos adversos
  • Outras condições médicas

Católico, Conservador, Correspondente Internacional, Observador Político e criador do 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia, Estados Unidos.

alan correa criação de sites