Redes Sociais

Presidenciavéis

Levy Fidelix mudou seu posicionamento sobre homossexuais?

Isaías Aguiar

Publicado

em

Imagem: Reprodução

Levy Fidelix, fundador do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), vem tentando mudar a sua imagem. Taxado de homofóbico nas eleições de 2014 por sua posições duras contra o movimento gay, o então candidato disse: “Aparelho excretor não reproduz”, durante um debate na TV Record, na mesma ocasião Levy também afirmou “”Nós somos maioria, vamos enfrentar essa minoria. Vamos enfrentá-los e o mais importante é que esses que têm esses problemas realmente sejam atendidos no plano psicológico e afetivo, mas bem longe da gente”.

Além de recusar o voto dos homossexuais dizendo “Como é que pode um pai de família ficar aqui escorado porque tem medo de perder voto?”, disse. “Prefiro não ter esses votos, mas ser um pai que tem vergonha na cara.”

Hoje Levy Fidelix “prega a harmonia” e diz que na época foi “pego de surpresa” e completa “não que eu seja contra que as pessoas façam o que queiram com seu órgão”, afirmou. Segundo ele, “as pessoas podem sim ter seu livre árbitro e fazer o que quiser do seu corpo”, mas, “não podem impor uma agenda na marra”. 

Levy já foi condenado no ano passado pela Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania de São Paulo e teve que pagar R$ 25 mil de multa por “prática de discriminação homofóbica” devido as suas declarações em 2014.

O presidenciável disse ganhou todas as outras oito causas na qual foi processado, por conta do direito à livre expressão.  Informações da Folhapress.

Mineiro, Administrador de Empresas, cristão e conservador.

Publicidade
Deixe um comentário

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites