Redes Sociais

Eleições

Desembargador finaliza voto que pode impedir a candidatura de Lula em 2018

Davy Albuquerque

Publicado

em

Desembargador finaliza voto que pode impedir a candidatura de Lula em 2018 20

Na última sexta-feira (1), o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF-4, em Porto Alegre, finalizou seu voto no recurso do ex-presidente Lula contra a condenação em primeira instância no processo que envolve um triplex em Guarujá.

O teor do voto é sigiloso e só será conhecido publicamente na data da sessão que julgará o recurso do ex-presidente Lula. Por enquanto, apenas os outros dois desembargadores da 8ª turma têm acesso ao conteúdo.

Os desembargadores da 8ª turma do TRF4 são conhecidos por serem mais duros que o juiz Sérgio Moro na revisão das penas. A turma é formada pelos desembargadores: João Pedro Gebran Neto, o relator, Leandro Paulsen e Victor Luiz dos Santos Laus.

“A 8ª Turma vai julgar de forma isenta, imparcial e desapaixonada, como o Poder Judiciário deve ser”, falou Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, presidente do TRF4.

A decisão da 8ª turma do TRF4 pode impedir a candidatura do Lula.

Relembre:

  • Em 4 de julho de 2017, Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro, de Curitiba, a nove anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.
  • Em 11 de setembro de 2017, a defesa de Lula recorreu na segunda instância contra a condenação.
  • Em 23 de agosto de 2017, o recurso do ex-presidente chegou ao TRF-4.
  • Ainda não há uma data definida para o julgamento.
Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista político e editor-chefe do Conexão Política; Fundador do Movimento Brasil Conservador. Brasileiro com orgulho, cristão por convicção, política por vocação.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites