Redes Sociais

Eleições

Bolsonaro pode deixar o PATRIOTA para disputar a eleição de 2018 por outro partido

Davy Albuquerque

Publicado

em

Bolsonaro pode deixar o PATRIOTA para disputar a eleição de 2018 por outro partido 20

Segundo a matéria divulgada há pouco pela Gazeta do Povo, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) não irá mais disputar a presidência da República pelo PATRIOTA, antigo PEN. O motivo é um desentendimento com o presidente do partido, Adilson Barroso. A matéria diz que Bolsonaro está seguindo para o Partido Social Liberal (PSL).

“Nós procuramos o PSL, foi uma conversa excepcional. Pelo que tudo indica, nós podemos ir para o PSL, que mudaria de nome, que mudaria o estatuto, e mais importante: eu teria 100% de chance de disputar no ano que vem como candidato a presidente da República”.

“No Patriota, o cara prometeu que eu teria a maioria das ações do partido. Mas não entrega. E agora chegou num limite. Estou namorando o PSL. Tive uma conversa excelente com o presidente [do partido] Luciano Bivar e terei 51% das ações. Conversamos ontem e anteontem” (…) “E tem mais. O PR também está interessado no meu passe. Converso com todo mundo, menos com aqueles ‘partidecos’ de esquerda”, disse Bolsonaro à Gazeta do Povo, na noite desta quarta-feira (20).

Bolsonaro afirmou que, no PEN, está tendo problemas de uso do fundo partidário.

“Sei que vai entrar muito dinheiro [na minha campanha]. De pessoas mais simples, que vão depositar de R$ 5 a R$ 10, e gente com mais condições financeiras”, disse Bolsonaro. “Faço minha campanha, no máximo, com R$ 2 milhões.

“Esse partido [o PSL] é liberal. Vai mudar seu regimento. Além de defender valores familiares, vão defender a questão do armamento. Tem uma ala, o ‘Livres’, que vai deixar de existir e não terá mais espaços no partido”, afirmou Bolsonaro.

O PSL, antes de Bolsonaro, pretendia adotar a ideologia liberal de forma mais contundente, inclusive cogitava a ideia de mudar de nome para virar “Livres”.

O presidente do partido, Luciano Bivar é favorável à adesão de Bolsonaro. Luciano é deputado federal pelo estado de Pernambuco e comanda há anos o PSL. Bolsonaro afirmou que Bivar é um empresário bem sucedido e que não sobrevive do fundo. O presidente da sigla atua no ramo de previdência privada.

Flávio Bolsonaro, o filho mais velho de Jair, informou para a nossa equipe que “ainda não tem nada definido, mas que Bolsonaro perdeu a paciência com o Adilson Barroso (PEN/PATRIOTA)”.


Atualização: 20/12/17 23:15

Braço do PSL, LIVRES, desmente

Em nota publicada no Facebook, um dos braços mais liberais do partido, composto em sua maioria por jovens, declarou que “não procedem, de forma alguma, as notícias de que o deputado federal Jair Bolsonaro possa se filiar ao PSL”.

Bolsonaro pode deixar o PATRIOTA para disputar a eleição de 2018 por outro partido 21

Nos bastidores comenta-se que a nota é apenas uma reação pessoal de Fábio Ostermann, presidente estadual do grupo “LIVRES” no Rio Grande do Sul, e não reflete a posição oficial do partido. A conferir.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista político e editor-chefe do Conexão Política; Fundador do Movimento Brasil Conservador. Brasileiro com orgulho, cristão por convicção, política por vocação.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites