Redes Sociais

Brasil

USP volta atrás e aceita matrícula de alunos de colégios militares aprovados pelo Sisu

Redação

Publicado

em

Câmpus da USP em São Carlos (Imagem: Reprodução)

A Universidade de São Paulo (USP) voltou atrás e confirmou a matrícula de candidatos que estudaram em colégios militares efetivamente mantidos pelas Forças Armadas que foram aprovados para a instituição via Sisu, informa o Estadão.

Como registrado ontem (16), a universidade havia cancelado a matrícula de estudantes de colégios militares alegando que eles não se enquadram no regime de cotas para estudantes de escolas públicas. O Exército identificou na medida da universidade uma retaliação ao governo de Jair Bolsonaro, e já foi informado da confirmação.

Em nota, a USP comunicou que, “face às afirmações que se tornaram públicas e para garantir a lisura de seu processo de matrícula, todos os candidatos aprovados oriundos de colégios militares, vinculados e mantidos efetivamente pelas Forças Armadas, que se inscreveram no vestibular optando pela ação afirmativa para egressos de escolas públicas, tiveram a sua matrícula aceita, uma vez que atendem plenamente ao regramento estabelecido para o concurso vestibular 2019”.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

alan correa criação de sites