Redes Sociais

Brasil

Sem Voto Impresso, Promotores do Ministério Público Federal apontam ‘impossibilidade de fiscalização’ em urnas eletrônicas

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Imagem: Agência Brasil

Segundo a nota técnica de 144 promotores e procuradores do Ministério Público e também juízes , “o eleitor não tem como conferir sequer o próprio voto, isto é, o cidadão, por também não possuir conhecimento técnico-eletrônico, não tem possibilidade de exercer a sua cidadania na fiscalização do sistema eleitoral”.

“Sem voto impresso, restam maculados os princípios da legalidade, publicidade, transparência, moralidade, eficiência do processo eleitoral, culminando com a quebra do Estado Democrático de Direito”, destacam os promotores.

Estudante de Letras, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho. Brasil acima de tudo!

Publicidade
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites