Redes Sociais

Rio de Janeiro

Polícia apreende carro que pode ter sido usado no assassinato de Marielle Franco

Davy Albuquerque

Publicado

em

Imagem: Marlan Kling/G1

O carro suspeito de ter sido usado no assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes foi encontrado na cidade de Ubá, em Minas Gerais, após uma denúncia anônima.

O Logan de cor prata com placa do Rio de Janeiro foi abandonado no Bairro Industrial, próximo à ponte interditada na Rua Nossa Senhora Aparecida. Policiais civis e militares de Minas foram até o local na madrugada de domingo (18). Equipes da Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro estão a caminho da cidade mineira.

O veículo foi guinchado e passará por uma perícia técnica com peritos da Polícia Civil de Ubá e da DH do Rio de Janeiro.

A vereadora e Anderson foram assassinados a tiros na noite de quarta-feira (14) após Marielle deixar um evento de militância, na Rua dos Inválidos, na Lapa. O crime aconteceu por volta das 21h30m na Rua João Paulo I, no Estácio, próximo à prefeitura do Rio. Eles estavam acompanhados da assessora da vereadora, que sobreviveu ao ataque.

Com informações, O Globo.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista político e editor-chefe do Conexão Política; Fundador do Movimento Brasil Conservador. Brasileiro com orgulho, cristão por convicção, política por vocação.

alan correa criação de sites