Redes Sociais

Rio de Janeiro

Justiça do RJ proíbe cremação do corpo do miliciano Adriano da Nóbrega

Davy Albuquerque

Publicado

em

Justiça do RJ proíbe cremação do corpo do miliciano Adriano da Nóbrega 14

A Justiça do Rio de Janeiro proibiu nesta quarta-feira (12) a cremação do corpo do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega. O pedido de cremação havia sido feito pela família do ex-policial, mas, para cremar o corpo de um morto por causas violentas, é necessária autorização judicial.

A cerimônia, que estava agendada para as 10h00 desta quarta-feira, no Crematório do Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, Zona Portuária do Rio, foi cancelada após a decisão da juíza Maria Izabel Pena Pieranti.

De acordo com a juíza, não constam no pedido documentos imprescindíveis para a cremação, como a cópia da Guia de Remoção de Cadáver e o Registro de Ocorrência. A juíza reitera, ainda, que Adriano não morreu de causas naturais e que, segundo consta em sua certidão de óbito, ele sofreu anemia aguda e politraumatismo causados por instrumento perfuro-cortante.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista político e editor-chefe do Conexão Política; Fundador do Movimento Brasil Conservador. Brasileiro com orgulho, cristão por convicção, política por vocação.

Parceiros

alan correa criação de sites