Redes Sociais

Brasil

PRF prende estudantes de medicina com quase 2 mil medicamentos irregulares no Paraná

Importados ilegalmente do Paraguai, anabolizantes, abortivos e estimulantes sexuais estavam em compartimentos ocultos; carro foi abordado na BR-277 em Cascavel.

Redação

Publicado

em

PRF prende estudantes de medicina com quase 2 mil medicamentos irregulares no Paraná 16
Divulgação | PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 1.912 unidades de medicamentos importados ilegalmente do Paraguai na tarde deste sábado (17) na BR-277 em Cascavel, na região oeste do Paraná.

Entre os medicamentos apreendidos estão esteroides anabolizantes, abortivos e estimulantes sexuais.

Os dois ocupantes do carro, um homem de 28 anos de idade e uma mulher de 39 anos, foram presos em flagrante. Ambos são estudantes de medicina no Paraguai.

Eles entregariam a carga ilícita em Maringá (PR). Durante a abordagem, os policiais rodoviários federais perceberam o nervosismo excessivo dos estudantes.

Após uma fiscalização minuciosa, os medicamentos foram encontrados, dentro das quatro portas e do encosto dos dois bancos dianteiros do carro, um Kia Sorento.

Além dos fracos, ampolas e comprimidos, também foi apreendido um pacote de 1,1 quilo de cocaína. Um segundo pacote com cerca de 1 quilo de outra substância em pó foi encontrado, mas não foi possível fazer a sua identificação no local da abordagem.

De acordo com os presos, trata-se de enantato de testosterona, um tipo de anabolizante.

Os dois presos irão responder pelo crime de importar ilegalmente produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais, previsto no artigo 273 do Código Penal.

A pena varia de dez a 15 anos de prisão. Eles também responderão por tráfico de drogas, cuja pena vai de cinco a 15 anos.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Federal em Cascavel.

Com informações, Agência PRF

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites