Redes Sociais

Brasil

Portas do Fundos apresenta “Jesus Pornô” em novo vídeo

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

O grupo de humor mais polêmico do momento, ‘Porta dos Fundos‘, voltou a atacar o cristianismo através de seus conteúdos publicados na rede do YouTube. Em novo vídeo, “Ele está no meio de nós” publicado neste sábado (11), um casal (Tathi Lopes e Rafael Portugal) está mantendo relações sexuais no quarto até que Jesus (Gregório Duvivier) aparece no quarto. O intuito da piada é zombar da onipresença de Jesus.

Incomodada com a situação a personagem pede que Jesus vá embora, e então é o momento que Jesus pede para fazer sexo a três.

Não é de hoje que o grupo ‘Porta dos Fundos’ vem fazendo piadas com o cristianismo. Volto a repetir: a pior forma de intolerância é aquela que vem mascarada de “modernidade”, “humor”, “arte” ou até mesmo usando a “liberdade de expressão” como desculpa.

O conteúdo além de ser péssimo, e apelativo, contém muita baixaria e desrespeita a fé de milhões de brasileiros.

O que o grupo ‘Porta dos Fundos’ faz não é um simples conteúdo humorístico. Eles violam a lei, escandalizam, ofendem. Até onde sei, a democracia não contempla atos de Intolerância Religiosa. Ou será que existe o famoso “jeitinho brasileiro” em tudo?

Conforme previsto no Art. 208 do código penal, o grupo poderá ser processado pelo crime de “Vilipêndio da fé”, ou seja, fazer com que alguém se sinta humilhado, menosprezado e ofendido por palavras em razão da sua fé. Assista!

Estudante de Letras, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho. Brasil acima de tudo!

Publicidade
2 Comentários

2 Comments

  1. Gerson Sabino

    17.12.2017 at 19:24

    Esse programinha boçal só é produzido por esquerdistas inúteis apenas para uma platéia ignorante e idiota. Me desculpem, mas é isso mesmo.

  2. Mauricio Anchieta

    13.11.2017 at 22:42

    Tira onda com Maomé !

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites