Redes Sociais

Política

Presidente do Banco do Brasil, André Brandão, renuncia ao cargo

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Alan Santos | PR

Conforme noticiou o Conexão Política, fortes especulações sobre um possível desligamento do presidente do Banco do Brasil, André Guilherme Brandão, ganharam força no cenário político e econômico.

Após os intensos rumores, a estatal confirmou ao mercado nesta quinta-feira (18) a saída de Brandão, que terá efeito a partir de 1º de abril.

“O Banco do Brasil (BB) comunica que André Guilherme Brandão entregou, nesta data, a Jair Messias Bolsonaro, ao Ministro da Economia, Paulo Roberto Nunes Guedes, e ao Presidente do Conselho de Administração do Banco do Brasil, Hélio Lima Magalhães, pedido de renúncia ao cargo de presidente do BB, com efeitos a partir de 01 de abril de 2021”, informa a nota oficial.

No comando do BB desde 22 de setembro de 2020, Brandão causou uma grande turbulência ao anunciar um plano de reestruturação do banco, incluindo fechamento de agências e um de demissão voluntária. Enquanto muitos receberam a informação com ânimo, a medida desagradou o presidente Jair Bolsonaro.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.