Redes Sociais

Política

O plano de Renan Calheiros para continuar na presidência do Senado

Renan Calheiros, alvo de 14 procedimentos criminais, quer voltar a presidir o Senado. E hoje é o favorito.

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Evaristo Sá | AFP

Na madrugada desta sexta-feira, 1, por meio do Twitter, o movimento Vem Pra Rua publicou uma thread sobre a estratégia de Renan Calheiros para continuar na Presidência do Senado.

De acordo com  a publicação, o plano vai do impedimento do Senador Davi Alcolumbre de presidir a sessão até mesmo a permissão que a votação ocorra em turno único. Confira!

Alerta! O plano de Renan Calheiros para se tornar presidente do Senado. Siga a thread!

1) Impedir que o Senador Davi Alcolumbre possa presidir a sessão. Com isso, a sessão será presidida por José Maranhão, parceiro de Renan Calheiros.

2) Manter a votação secreta, rejeitando todas as questões de ordem sobre o assunto. Desta forma, a sociedade nunca saberá quem votou em quem e vários senadores se sentirão muito mais “confortáveis” para votar em Renan.

3. Para fechar com chave de ouro, uma questão de ordem seria apresentada para alterar a forma da votação e permitir que a votação ocorra em turno único, ou seja, o vencedor seria o mais votado entre todos os candidatos em um único turno e não aquele que conseguir 41 votos.

4) O que você pode fazer? Pressionar. E alertar os demais senadores sobre este plano maquiavélico. Acesse ‘Vem Pra Rua – Fora Renan‘ e veja como entrar em contato com cada senador“, diz o texto.

Candidato à presidência do Senado, Renan tem o apoio de Jucá, Eunicio, Sarney, E.Braga, Raupp e outros políticos cujos inquéritos somados ultrapassam o número de votos no Senado.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.