Redes Sociais

Política

Análise: enquanto Crivella anuncia que doará o próprio salário para combater à Covid-19, a imprensa se cala

Tiago Netto

Publicado

em

Tânia Rego | Agência Brasil

O prefeito da Cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), divulgou no último sábado (4), que irá doar todo o seu salário deste mês para o Fundo Emergencial de Combate ao Coronavírus, aprovado semana passada pela Câmara de Vereadores do Rio.

“O fundo foi aprovado por unanimidade na Câmara. Vamos ajudar. Todos juntos, ficamos mais fortes e vamos vencer esse coronavírus”, afirmou o prefeito.

A Prefeitura prestará contas da movimentação financeira do FECC à Câmara de Vereadores e deverá publicá-las na internet a cada 15 dias.

Para receber as contribuições ao FECC, que podem ser feitas por pessoas físicas ou jurídicas, a Prefeitura abriu no Banco do Brasil a conta 295.019-7, agência 2234-9.

Em meio ao caos, a ideia é que a ação de Crivella venha incentivar outros políticos a seguirem com essas ações em suas respectivas cidades.

Um fato curioso

Apesar do feito, a ação pareceu ser abafada pela imprensa.

Em 12 horas de jornalismo, a TV Globo, emissora que faz abertamente oposição a Crivella, não abriu minutos sequer para a divulgação da informação e, apenas em seu portal de notícias, o G1, algumas linhas foram escritas a respeito.

Outros portais de notícias ocultaram a informação, diferentemente de quando levantam críticas ao prefeito. Por que?

Que o Grupo Globo não exerce jornalismo, isso todo nós já sabemos.

Mas será que dessa vez o interesse é fazer propaganda política e ideológica diante do surto da Covid-19 no país, visando inserir o ‘candidato do sistema’ no páreo eleitoral da prefeitura do Rio deste ano? Eis a questão…

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites