Redes Sociais

Brasil

Alerta vermelho: tensão toma conta de Lula e do PT

Lideranças do partido estão preocupadas.

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Marcelo Camargo | Agência Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está aflito em torno da decisão sobre o andamento de seus processos.

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vão emplacar nesta quarta-feira (14) dois julgamentos de extrema importância: a instalação da CPI da Pandemia no Senado e a anulação das condenações de Lula.

Os temas estão fixados na pauta da sessão de julgamentos do plenário do Supremo.

A Corte é capaz de transferir os casos do petista para Brasília e, ainda por cima, anular o julgamento da Segunda Turma sobre a parcialidade do ex-juiz Sergio Moro.

Nos bastidores do Partido dos Trabalhadores, o clima é de total apreensão e ansiedade. Inclusive, até Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, tem comentado sobre o assunto.

Próxima da cúpula petista, ela tem dito que “uma decisão que contemplasse as duas posições deixaria a situação de Lula ainda indefinida”.

E acrescenta:

“Embora ele mantenha os direitos políticos, podendo se lançar candidato, ficará aberta a possibilidade de sofrer novas condenações, em especial no caso do sítio de Atibaia, que o retirem novamente da disputa em 2022”.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.