Redes Sociais

Política

Alckmin garante que PSDB não pleiteia cargos em troca de votos pela reforma da Previdência

O ex-governador ressaltou que a sigla manterá sua independência

Marcos Rocha

Publicado

em

Nelson Almeida | AFP

Nesta quinta-feira (4), o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin garantiu que o PSDB, partido do qual ele é presidente nacional, não pleiteia cargos em troca de votos a favor da proposta de reforma da Previdência.

Alckmin ressaltou que a sigla manterá sua independência.

“O PSDB tem uma postura de independência em relação ao governo. Não há nenhum tipo de troca. Não participaremos do governo. Não aceitamos cargos no governo e votamos com o Brasil. Aquilo que a gente entende que é importante para o país, para voltar a crescer, ter emprego, ter renda, o partido vai votar favorável. Aquilo que a gente entender que não é justo, nós votaremos contra”, disse.

O tucano se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro no Planalto. Geraldo Alckmin foi adversário de Bolsonaro nas últimas eleições presidenciais. O candidato do PSDB terminou o primeiro turno na quarta posição, com 4,76% dos votos válidos.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]

alan correa criação de sites