Redes Sociais

Brasil

Opositor do governo Bolsonaro, Ricardo Noblat faz enquete sobre o aborto e 73,9% dizem ser contra

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Reprodução

Ricardo Noblat, um dos jornalistas mais conhecidos do Brasil, e que já passou pelos principais veículos de comunicação do país, deu o que falar no Twitter neste último sábado (2).

Tudo porque ele resolveu fazer uma enquete sobre a pauta do aborto, que voltou a ser assunto do momento após ocorrido da última quarta-feira (30), quando o Senado da Argentina aprovou a legalização do procedimento até a 14ª semana de gestação.

Atualmente na Veja, Noblat faz críticas contínuas ao presidente Jair Bolsonaro e ao governo federal.

Na enquete, o jornalista fez o seguinte questionamento:

“O que você acha da legalização do aborto?”

O resultado da enquete mostrou que 73,9% são contrários à prática do aborto, ante 26,1% que se dizem favoráveis.

A pesquisa registrou mais de 23,621 mil votos.

Números semelhantes

A enquete no Twitter do jornalista, tratando-se apenas de um levantamento de opiniões, sem controle de amostra, que não utiliza método científico para sua realização e depende apenas da participação espontânea do interessado, se aproximou de uma sondagem realizada em junho de 2019, quando o instituto Paraná Pesquisas ouviu 2.071 pessoas e questionou a população brasileira sobre o tema em questão.

Segundo o levantamento, três quartos dos brasileiros, ou 75,4%, disseram ser contrários ao aborto em qualquer situação.

Outros 18,8% afirmaram ser favoráveis ao aborto em qualquer situação e 5,8% não responderam.

No Brasil, o aborto só não é qualificado como crime em três situações: estupro, risco de vida para a mulher ou anencefalia do feto.

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites