O princípio para a efetivação da República Brasileira

Autor: 2 Comentários Compartilhar:

Proclamamos a República em 1889, mas, infelizmente, não a efetivamos, basta ver a corrupção endêmica que tomou conta do nosso país. Nas últimas duas décadas até os dias de hoje, diversos grupos se apoderaram da coisa pública para realizarem os seus interesses privados, acarretando em inúmeros problemas para a sociedade.

É notório que a República Brasileira ainda precisa caminhar muito para ser efetivada, mas, felizmente, há uma semana escolhemos o caminho certo para isso!

Agora, precisamos continuar lutando para acabar com os males que tanto nos afetam e efetivar definitivamente o princípio basilar da nossa sociedade – o Republicano – onde a coisa pública e a coisa privada não se misturam.

Post anterior

Victor Vicenzza e Thomas Viciouss estreiam canal político no Youtube

Próximo post

Maratona numa fita de Möbius

Você pode gostar também:

2 Comentários

  1. Não fomos nós, o povo, que proclamamos a republica. Foi antes um golpe militar por causa de uma disputa de uma mulher. Tanto que o povo não entendeu a partida de Dom Pedro II para o exílio tendo um certo militar a gritar “meu imperador” no cais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.