Redes Sociais

Judiciário

Rosa Weber rejeita ação de Moro contra acesso de Lula a mensagens roubadas da Lava Jato

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Marcelo Camargo | Agência Brasil

O ex-juiz Sergio Moro até tentou, mas a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou o pedido dele contra o acesso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva às mensagens da Operação Spoofing.

A investigação mira um grupo de hackers que invadiu ilegalmente celulares de autoridades, procuradores da força-tarefa da Lava Jato e até mesmo dados do próprio Moro.

A defesa do petista teve acesso aos conteúdos após a decisão do ministro Ricardo Lewandowski, também STF. No mês passado, a Segunda Turma da Suprema Corte, incluindo Kássio Nunes Marques, indicado de Bolsonaro, confirmou o entendimento de Lewandowski para favorecer o petista.

No entretanto, Moro argumentou que Lewandowski não teria competência para decidir sobre o acesso de Lula às mensagens vazadas. Para o ex-juiz, o petista utilizou um ‘subterfúgio processual’ para ‘contornar a prevenção’ de Edson Fachin, outro ministro da Corte que ficou responsável por analisar casos da Lava Jato e recursos decorrentes de condenações impostas contra o ex-presidente.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.