Redes Sociais

Brasil

Jessicão, eleita vereadora em Londrina, dispara contra a esquerda: “Fui eleita para defender Deus, pátria e família”

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Reprodução

Jessica Ramos Moreno, mais conhecida como ‘Jessicão’, foi eleita vereadora nas eleições 2020 pela cidade de Londrina, no Paraná.

Eleita com 2.523 votos, ela ocupará uma das 19 vagas da Câmara Municipal.

A jovem de 27 anos é uma das principais defensoras do presidente Jair Bolsonaro. O apoio surgiu bem antes do militar ser eleito no pleito de 2018.

Assumidamente lésbica, Jessicão ganhou notoriedade por combater a agenda LGBTQI+ e refutar pautas abraçadas pelo ativismo de esquerda.

A popularidade cresceu, ultrapassou o cenário local e chegou até Brasília, de onde o presidente da República, Jair Bolsonaro, declarou apoio à candidatura dela.

Bolsonaro fez questão de exibir o panfleto eleitoral de Jessicão, frisando que ela seria uma de suas representantes de confiança. Nenhum outro nome obteve defesa do chefe do Executivo. Nem mesmo para prefeito.

Vai bater de frente com a esquerda

Após a confirmação de que foi eleita, ela voltou a frisar que o compromisso dela não será com a agenda LGBTQI+, mas sim com o eleitorado conservador.

“Um repórter me perguntou: Como primeira homossexual eleita Vereadora em Londrina, qual será sua primeira ação para a causa LGBT? Respondi: Nenhuma! Fui eleita para defender a direita londrinense, todos que respeitam Deus, Pátria e Família”, declarou.

“Eu me recuso [a apoiar a agenda LGBTQI+] por não compactuar com essas pautas nojentas que a esquerda insiste em defender!”, continuou.

E finalizou dizendo:

“Jessicão está fechada com Bolsonaro”.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites