Redes Sociais

Brasil

Janaina Paschoal: “Exijo a demissão do ministro do Turismo!”

Matheus F. Romero

Publicado

em

A jurista e deputada estadual Janaina Paschoal (Imagem: Bruno Rocha/Estadão Conteúdo)

A deputada estadual Janaina Paschoal, usando seu Twitter neste sábado (13), cobrou posicionamento do presidente Jair Bolsonaro sobre o relato da deputada Alê Silva e exigiu a demissão do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

A deputada federal Alê Silva, primeira a relatar o esquema de laranjas no PSL de Minas Gerais, relatou ter sido ameaçada de morte pelo ministro.

“Todo meu apoio à Deputada Federal Alê Silva. E agora, Presidente? O Ministro do Turismo fica? A Deputada Federal eleita também estaria mentindo? Exijo a demissão do Ministro! Não tem que esperar conclusão de inquérito nenhum!”, publicou Janaina.

A deputada estadual ainda escreveu: “Telefonei para a Deputada, que não para de chorar! Como é que pode uma situação dessas e o Presidente não tomar providências? Não pode! O afastamento do Ministro não implicará atribuição de culpa, apenas um sinal de que o Presidente se importa com as mulheres de seu partido.”


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Estudante, músico e defensor da liberdade.

Publicidade
7 Comentários

7 Comments

  1. Hildebrando Rocha dos Santos

    13.04.2019 at 22:00

    Alê Silva, Deputada Federal? É assim covardona, que diante de ameaça, fica chorando como criança mimada? É preciso caçar essa Deputada, não serve para o cargo político, pois, não resiste a pressões…

  2. Emerson

    13.04.2019 at 17:50

    De três comentários, apenas um de bom senso, dois deles que mostram como anda nosso povo, nossa perdição chegou ao seu apogeu. Se não se pode conviver com opiniões, ideias e suas divergências que nos dão o privilégio do questionamento, da discussão e raciocínio o que esperar? Não se poder pensar que já é comunista, socialista, PT, só não se lembram dos mentecaptos e energúmenos que aos invés de nascerem estão brotando como pragas e daninhas….ofendendo e pregando a estupidez achando que pelo fato do meio ser público qualquer excremento ditado seja permitido sem sujeição… povo de bosta com seu governo em crise e merecido, espelho da própria boçalidade.

    • Pedro Rocha

      14.04.2019 at 16:07

      Depois que passar o efeito do que usou, volte e escreva algo inteligível.

  3. Alessandro

    13.04.2019 at 17:28

    é complicado, a deputada Janaína paschoal precisa lavar roupa suja em público? Ae depois colocam a culpa no Bolsonaro pela bagunça do partido, é nítido que tem muita gente do próprio partido que não ajuda, pq não houve essa indignação quando a ministra Damares foi covardemente atacada pela esquerda? é muita coisa errada nesse país, não duvido esse caso ser mais um “false flag” pra tumultuar o ambiente

    • Gildete Rodrigues

      15.04.2019 at 12:03

      Essa Janaína Paschoal nunca me convenceu. Quem ela pensa que é para exigir algo do Presidente da República! Não passa de uma prepotente, que se julga superior aos demais. Por conta disso, foi derrotada para a presidir a Alesp. Graças a Deus ela não aceitou ser vive. Uma vice dessa ninguém merece. Tudo indica tratar-se de alguém bipolar. Não é a primeira vez que ela ataca Bolsonaro. Trata-se de mais uma que se encostou no Bolsonaro para se eleger.

  4. Pedro Rocha

    13.04.2019 at 15:38

    “Exijo a demissão do Ministro! Não tem que esperar conclusão de inquérito nenhum!”

    Para quem ainda tinha dúvidas de que Janaína Paschoal é esquerdista, ei-la em seu “momento Stálin”. Quando Damares chorou ao ser vilipendiada, não a vi indignada contra a sua colega ideológica Érika Kokay.

    E ainda tinha gente querendo essa desequilibrada como vice-presidente. Mourão está sendo um mal menor.

  5. Marcio

    13.04.2019 at 15:16

    Na chamada da capa está escrito “Exigo”, arrumem para exijo !!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites