Redes Sociais

Brasil

Governo libera saque de R$ 1.045 do FGTS a partir de junho

Saques de contas ativas e inativas ocorrerão entre 15 de junho e 31 de dezembro.

Tiago Netto

Publicado

em

Marcelo Camargo | Agência Brasil

No Diário Oficial da União, o Governo Federal confirmou uma nova fase na liberação de recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A Medida Provisória publicada na noite desta última terça-feira (7), vai permitir o saque de até R$ 1.045 por trabalhador, a partir de 15 de junho, registra o jornal Estadão.

A medida faz parte das ações adotadas pelo Executivo federal a fim de diminuir os efeitos econômicos do coronavírus.

A MP 946/2020, que autoriza os saques, extingue o Fundo PIS-Pasep, instituído por lei complementar em 1975, e transfere o seu patrimônio para o FGTS.

De acordo com o texto, o patrimônio acumulado nas contas individuais dos participantes do Fundo PIS-Pasep ficará preservado.

A nova liberação de recursos do FGTS deve beneficiar cerca de 60 milhões de contas.

O governo estima uma injeção de aproximadamente R$ 34 bilhões com a nova rodada de saques.

Desse valor, R$ 20 bilhões virão da transferência dos recursos que estavam parados no Fundo PIS-Pasep.

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites