Redes Sociais

Brasil

Globo não publica livro que a cita em escândalo de corrupção da Fifa

O autor revela que a emissora carioca é citada quatro vezes na publicação que está nas livrarias do mundo, com exceção do Brasil.

Douglas Santos

Publicado

em

Globo não publica livro que a cita em escândalo de corrupção da Fifa 16
Divulgação | TV Globo

Em 2015 — o escândalo de corrupção da Fifa abalou o mundo esportivo.

Como de praxe, vários livros foram lançados para narrar a história que derrubava a moral da maior entidade esportiva da história.

O livro detalha os principais envolvidos no caso — citando as prisões de vários membros e como levou o “chefão” Joseph Blatter a renunciar.

Os direitos autorais foram comprados pela Editora Globo em 2015 — do grupo Globo e não foi publicado.

O material tem exclusividade no Brasil, ou seja, nenhuma outra editora pode publicar.

Dona de direitos de TV de torneios da Fifa, a Globo é citada quatro vezes no livro.

Em duas, o grupo aparece quando J.Hawilla é perfilado. É informado também que, a Globo pagou à Fifa pelos direitos de TV das Copas do Mundo de 2010 e 2014.

A emissora desembolsou aproximadamente R$1,4 bilhão, segundo o autor.

Alejandro Burzaco, ex-diretor da empresa de marketing Torneos y Competencias, fez denúncias gravíssimas no seu julgamento.

Ele garantiu que a Globo pagou cerca de R$ 50 milhões em propinas para assegurar exclusividade na transmissão das Copas do Mundo de 2026 e 2030.

Com informações, R7

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

CONTATO: [email protected] | Natural de Manaus, estudante de Ciências Econômicas e editor do Conexão Política.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites