Redes Sociais

Brasil

Em nota, ministro do Turismo diz que está à disposição da PF para prestar todas as informações necessárias

Redação

Publicado

em

Marcelo Alvaro Antonio, ministro do Turismo (Imagem: Roberto Castro/Mtur)

Após a busca da Polícia Federal na sede do PSL de Minas Gerais realizada nesta segunda-feira (29), a assessoria do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, divulgou a seguinte nota:

“O ministro Marcelo Álvaro Antônio reitera que o partido seguiu rigorosamente o que determina a legislação eleitoral. Ele afirma que segue à disposição da Polícia Federal para prestar todas as informações necessárias, ‘pois há mais de um mês me ofereci espontaneamente para prestar depoimento às autoridades do caso’, diz Marcelo Álvaro Antônio.

O ministro reforça sua confiança no trabalho isento, sério e justo das autoridades. ‘O que vem me atingindo há cerca de 3 meses é resultado de uma disputa política local, cujos interesses são prejudicados com minha presença no Ministério do Turismo’, completa o ministro.

Marcelo Álvaro Antônio esclarece, ainda, que já entregou ao Ministério Público de Minas Gerais as provas das verdadeiras motivações das supostas denúncias. ‘Sigo confiante de que a verdade prevalecerá’, finaliza.”

Marcelo é acusado de usar candidaturas fake para desviar dinheiro público do fundo eleitoral.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites