Redes Sociais

Brasil

Em congresso na UFPA, professores cantam hino da União Soviética e gritam “Lula Livre”

Para os docentes universitários, o governo Bolsonaro é protofascista, entreguista e de extrema direita.

Douglas Santos

Publicado

em

Em congresso na UFPA, professores cantam hino da União Soviética e gritam “Lula Livre” 19

O 38º Congresso do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES) realizado na Universidade Federal do Pará, em Belém, capital do estado, teve um episódio bastante inusitado.

Durante uma palestra voltada ao campo instrutivo, professores entoaram uma canção símbolo da União Soviética (1922 e 1944).

Após isso, no final de uma apresentação do saxofonista Marcos Cardoso, da escola de música da UFPA, os docentes gritaram “Lula Livre!”, repetidas vezes.

De acordo com o jornal Gazeta do Povo, a Andes convocou os docentes a uma “campanha urgente contra a direita, através da proliferação dos comitês de luta contra o golpe e contra os fascistas, levantando a bandeira da liberdade para Lula”.

No final do ano passado, a Andes também divulgou um material que mostra abertamente o viés do grupo.

Resistir ao governo Bolsonaro, em defesa da democracia e dos direitos: abaixo a contrarreforma da previdência! Lula Livre!

Centrar na reorganização da classe e no embate, certamente de resistência, à onda de orientação fascista que irá ocupar o Estado”.

Assista ao vídeo!

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

CONTATO: [email protected] | Natural de Manaus, estudante de Ciências Econômicas e editor do Conexão Política.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites