Redes Sociais

Eleições

“Só se fosse débil mental atenderia todos os pedidos de Bolsonaro”, diz Barroso

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Imagem: Reprodução

O presidente nacional do Patriota, Adilson Barroso, teve uma intensa discussão na quarta-feira (20/11) com o deputado federal Jair Bolsonaro.

Barroso informou à Gazeta do Povo que o centro da discórdia foi o pedido de Bolsonaro para presidir a legenda.

“Atendi ele em tudo. Pediu cinco diretórios estaduais e dei 22. Mas a presidência, não. Senão ele controla todo o partido. E nós lutamos muito para criá-lo”, disse Barroso.

A interlocutores, Barroso disse que “só se fosse débil mental” atenderia todos os pedidos de Bolsonaro.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.