Redes Sociais

Educação

Com aumento de 9,1%, investimento na CAPES sobe para R$ 4,19 bilhões na gestão de Weintraub

Redação

Publicado

em

Imagem: José Cruz/Agência Brasil

O aumento de 9,1% no orçamento da CAPES de 2018 para 2019, que subiu de R$ 3,84 bilhões para R$ 4,19 bilhões, foi um dos destaques do balanço do Ministério da Educação divulgado neste mês de janeiro, pelo ministro Abraham Weintraub.

Em um evento que apresentou o conjunto de realizações da pasta no ano passado, o ministro mostrou o investimento da CAPES para a concessão de 66 mil bolsas para formação de professores de educação básica e de 1.800 bolsas que auxiliam no desenvolvimento regional. Só nessas duas ações, os recursos destinados somam mais de R$500 milhões.

O MEC ressaltou o lançamento de 21 editais de cooperação internacional e o anúncio de R$80 milhões para pesquisas de pós-graduação na Amazônia Legal. A manutenção de 95,4 mil bolsistas no País e 8,7 mil no exterior também consta do documento de balanço apresentado pelo Ministério.

Future-se

Iniciativa que tem a participação da CAPES, o Future-se, que dará maior autonomia financeira às universidades, foi citado pelo ministro Weintraub no balanço de 2019. Atualmente, a proposta está em consulta pública.

Escolas Cívico-Militares

Na educação básica, o ministro destacou o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, que também conta com a participação da CAPES na capacitação de professores e gestores.

Neste ano, 54 escolas municipais e estaduais foram abrangidas pela iniciativa. A previsão é que até 2023 sejam 216 escolas.

“A expectativa é de uma expansão mais rápida a partir do modelo estável, este ano é um piloto”, disse o ministro.

Em 2020, a pasta destinará R$ 54 milhões para adaptar as instituições à gestão de excelência cívico-militar.

Com informações do Ministério da Educação e CCS/CAPES.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites