Redes Sociais

Educação

Bruno Garschagen é exonerado do MEC

Douglas Santos

Publicado

em

Reprodução

Nesta quinta-feira, 4, o nome de Bruno Garschagen, especialista do Instituto Mises Brasil e Autor da Editora Record, foi exonerado do MEC.

O escritor era chefe do departamento de comunicação e imprensa do ministério.

Garschagen era um dos nomes mais conservadores do MEC, além de ser muito respeitado pela comunidade liberal.

Sua saída é atribuída a entrada de um novo secretário executivo da pasta.

O jornal “O Estado de S.Paulo” afirmou que Bruno foi um dos responsáveis pela carta enviada para as escolas contendo o slogan de campanha do presidente Jair Bolsonaro.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

CONTATO: [email protected] | Natural de Manaus, estudante de Ciências Econômicas e editor do Conexão Política.

alan correa criação de sites