Redes Sociais

Brasil

Bolsonaro sanciona lei que criminaliza a calúnia com finalidade eleitoral

Matheus F. Romero

Publicado

em

Bolsonaro sanciona lei que criminaliza a calúnia com finalidade eleitoral 16
Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que tipifica como crime a calúnia com finalidade eleitoral. A lei foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (5).

A lei prevê pena de prisão de dois a oito anos de prisão, além de multa, para quem acusar falsamente um candidato a cargo político visando prejudicar sua candidatura.

Além disso, Bolsonaro vetou uma parte do texto que previa as mesmas penas para quem divulga a informação falsa atribuída ao caluniado em questão. “Decidi vetar integralmente, por inconstitucionalidade e contrariedade ao interesse público”, justificou o presidente.

O projeto é de autoria do deputado Félix Mendonça Júnior (PDT-BA).

Na proposta, o parlamentar justifica que “é reiterada a proliferação de atos irresponsáveis aplicados com finalidade eleitoral, com o fim de violar ou manipular a vontade popular e de impedir a ocorrência de diplomação de pessoas legitimamente eleitas”.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites