Redes Sociais

Brasil

Após grande repercussão, Albert Einstein emite nota sobre afastamento da médica Nise Yamaguchi

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Reprodução

A médica Nise Yamaguchi foi afastada do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo.

O afastamento gerou uma forte repercussão nas redes sociais, pois Nise é defensora da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19 em seu estágio inicial.

Devido tamanha repercussão do caso, o hospital decidiu se pronunciar.

Em nota, o Albert Einstein alega que a oncologista e imunologista fez uma “analogia infeliz e infundada” da médica durante uma entrevista “entre o pânico provocado pela pandemia e a postura de vítimas do Holocausto”.

Ao dizer que “você acha que alguns poucos militares nazistas conseguiriam controlar aquela massa de rebanho de judeus famintos se não os submetessem diariamente a humilhações, humilhações, humilhações?”, acrescenta a nota.

O outro lado

A informação de que Nise Yamaguchi foi afastada por causa da defesa da hidroxicloroquina foi feita pela própria imunologista.

Ela disse que recebeu uma ligação em que afirmaram que o crachá dela não valia mais.

“Recebi uma ligação hoje (sexta) de que a partir de agora eu estaria suspensa das minhas atividades, que meu crachá não vale, etc, etc. Levei o maior susto. Baseado na questão da hidroxicloroquina que o hospital não endossa e baseado no que eu falei numa live que eu estava muito preocupada com o sofrimento das pessoas que estão em casa morrendo de doenças outras”, disse ela em videoconferência com Claudio Tonelli.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites