Redes Sociais

Áustria

Áustria proíbe o uso do véu em escolas primárias

Thaís Garcia

Publicado

em

Shutterstock/Rido

O Parlamento austríaco aprovou uma lei que proíbe o uso do véu em escolas primárias. A medida foi tomada para combater a opressão de meninas no país.

A proibição afeta o uso de véu que cobre grandes áreas dos cabelos. O kipá, um pequeno chapéu em forma de circunferência utilizada pelos judeus, não está incluído. A lei não se refere explicitamente ao véu islâmico, mas à vestimenta de cunho ideológico ou religioso, relacionada à cobertura da cabeça.

O porta-voz da educação do partido de direita FPÖ, Wendelin Moelzer, disse que a lei era “um sinal contra a politização do Islã”. Enquanto o membro do parlamento do partido cristão conservador ÖVP, Rudolf Taschner, disse que a medida era necessária para libertar as meninas da opressão.

No final de 2017, os partidos de direita ÖVP e FPÖ formaram uma coalizão, após as eleições em que ambos os partidos adotaram uma dura posição anti-imigração e alertaram para os perigos das chamadas sociedades paralelas.

A organização muçulmana local, IGGiÖ, chamou a aprovação da nova lei de “sem vergonha”.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Publicidade
1 Comentário

1 Comentário

  1. Avatar

    Kelly Alpert

    16.05.2019 at 13:50

    Eu suporto que essa medida, seja um avanco para dar um suporte as meninas e diminuir a opressao.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites